Projetos

Restauração florestal e apoio à rede de viveiros de mudas nativas na Mata Atlântica

Em 2015, o Instituto Internacional para Sustentabilidade (IIS) firmou parceria com a Associação Mico Leão Dourado (AMLD) para atuar em projetos voltados à conservação da Mata Atlântica, em Casimiro de Abreu/RJ. No município está localizada a sede da AMLD e é habitat natural do mico-leão-dourado, espécie que sofre risco de extinção.

Os projetos estão focados no monitoramento do reflorestamento e nos experimentos com espécies nativas da Mata Atlântica, com o auxílio do biocarvão - produto rico em carbono, que atua como condicionador do solo e que pode contribuir com a redução na emissão de gases de efeito estufa.

A parceria IIS-AMLD prevê a atuação nos seguintes projetos:

  • Uso do biocarvão em espécies de mudas nativas, de modo a potencializar o reflorestamento na região;
  • Monitoramento dos reflorestamentos previamente realizados e seus impactos para os serviços ecossistêmicos.

Estudos recentes apresentam o uso do biocarvão como uma ferramenta econômica e ambientalmente sustentável, uma vez que aumenta a produtividade de cultivos e mitiga problemas ambientais globais através do sequestro de carbono. Dessa maneira, ao melhorar a qualidade dos solos pode-se apresentar uma alternativa otimista para o processo de restauração florestal. 

Estágio: em andamento.

 

Assinatura do termo de cooperação entre IIS e AMLD. (foto: IIS)

 

Visita do IIS a Casimiro de Abreu/RJ, para reconhecimento da região e elaboração de atividades em conjunto. (foto: IIS)

 

Mudas de espécies nativas na propriedade de Dona Graça, uma das produtoras da AMLD. (foto: IIS)

 

Mico-Leão-Dourado (Leontopithecus rosalia). (foto: IIS)

Parceiros:

Associação Mico-Leão-Dourado (AMLD)

Compartihe: